PUBLICIDADE

Polícia conclui que encontrada carbonizada foi morta por esganadura e estuprada por dois em MS

| MIDIAMAX


(Foto: Rones Cézar/ Alvorada Informa)
PUBLICIDADE

Aliana Dias dos Santos de 41 anos encontrada morta em meio a um canavial foi assassinada por esganadura e estuprada por dois homens. Ela estava desaparecida há dois dias quando o corpo foi localizado por funcionários que tentavam apagar as chamas no canavial.

 

Informações são de que Aliana foi estuprada pelos dois autores depois de ter sido assassinada por esganadura. Um dos autores já está preso e o outro é procurado pela polícia. Ela estava desaparecida desde o último sábado (17) às 19 horas, e quando encontrada estava com as roupas íntimas abaixadas na altura do joelho. O filho de Aliana fez o reconhecimento do corpo.

 

Ainda segundo informações, um macaco hidráulico foi localizado ao lado do corpo, o que teria sido usado para desferir uma pancada na cabeça. A vítima estava com afundamento de crânio. Um carro foi visto na região momentos antes do fogo se espalhar no canavial e o corpo da mulher ser encontrado por funcionários de uma empresa sucroalcooleira.



LEIA MAIS

MS
Casal é preso com R$ 1,7 milhão em cocaína escondida em carro com bebês de 1 e 3 anos
Motorista ainda tentou enganar policiais dizendo que faria compras de roupas em São Paulo
MS
IVINHEMA: PRF recupera duas carretas
MS
Total de R$ 100 mil arrecadados com penas vão reformar batalhão da PM e delegacia em MS
Policiais também terão câmeras para filmagem das atuações
MS
Operação da PF em MS termina com prisão em flagrante
Policiais encontraram revólver e 9 munições, em localidade não revelada
MS
veículos que seguiam com mais de três mil pacotes de cigarros do Paraguai foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus
MS
PF cumpre mandados em endereço luxo em MS
Endereço estaria ligado a integrante de classe política em MS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE