Homem é condenado a 10 anos de prisão e a pagar 11 mil em indenização por matar pescador com golpe de faca em Fátima do Sul

O crime ocorreu em 06 de janeiro de 2020, entre a ponte da rodovia BR-376 e a Ilha do Sol em Fátima do Sul. Vítima era morador em Culturama.


PUBLICIDADE

FáTIMA EM DIA

PUBLICIDADE

F. E., 42 anos, acusado de ter matado o pescador Israel Ferreira da Cunha, morador na 8ª Linha no Distrito de Culturama, no dia 06 de janeiro de 2020, foi condenado a 10 anos e 6 meses de reclusão no regime inicial fechado, pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Também foi fixada indenização em favor dos herdeiros da vítima no valor correspondente a 10 (dez) salários-mínimos atuais (R$ 11.000,00).

O crime ocorrido em Fátima do Sul, foi descoberto no dia seguinte, quando o corpo de Israel foi encontrado boiando no Rio Dourados, entre a ponte da rodovia BR-376 e a Ilha do Sol.

Na época o laudo necroscópico sobre a morte de Israel, apontou que a vítima foi morta com golpe de faca no peito. A Polícia Civil de Fátima do Sul esclareceu a morte de Israel, após localizar a arma do crime do, nas proximidades de onde o corpo foi localizado, o que levou a suspeita da Polícia de possível homicídio, o que foi constatado após exames realizados no IML, na cidade de Dourados.

F. E., confessou o homicídio e esteve a disposição da Justiça, até o Juri Popular concluído nesta terça-feira (25), no Fórum de Fátima do Sul, presidido pelo Juiz de Direito, Dr. Vitor Dias Zampieri.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE