Policia Militar e Civil de Mundo Novo prendem assaltantes


PUBLICIDADE

SUL NEWS


Em uma ação conjunta da Polícia Civil de Mundo Novo com a Polícia Militar, assaltantes acabaram presos e um quadrilha organizada para o roubo de veículos foi desarticulada na noite de quinta-feira(07).

Os policiais prenderam os acusados André Zucon (25 anos), Claudecir Queiróz Brito (20), que estavam fortemente armados. O dois são residentes em Mundo Novo e foram acusados de praticar diversos crimes em Mundo Novo, Eldorado, Itaquiraí e em território paraguaio.

Com poder dos dois acusados os policiais encontraram uma pistola de calibre 9 milímetros, de fabricação israelense e uma sub-metralhadora M10, calibre nove milímetros, de fabricação americana (de uso exclusivo dAs forças armadas), além de 85 munições intactas.

André e Claudecir colecionaram diversas passagens policiais por delitos variados e são foragidos das cadeia pública de Cianorte-PR, onde cumpriam pena por tráfico de drogas e conseguiram fugir no final de 2010, se refugiarando em seguida em La Paloma, no Paraguai.

MATERIAL BÉLICO

A dupla juntamente com outros comparsas, que também eram fugitivos da mesma unidade de segurança, passaram a desenvolver ações criminosas na região de fronteira, sendo que a quadrilha teria praticado no mínimo três roubos em Mundo Novo e um em Eldorado, e ainda outros delitos no país vizinho, estava armada com uma submetralhadora MAC, calibre 9 milímetros, de fabricação americana, que estava com um carregador municiado com 17 munições e ainda mais 23 cartuchos intactos, além de uma pistola G-Cherokee, israelense, com dois carregadores (pente), sendo um municiado com 16 projéteis e o outro com 15, além de mais 11 munições que estavam no bolso de André Zucon.

As duas armas são conhecidas pelo alto poder de destruição que possuem e despertam a admiração dos “experts” em materiais bélicos.

A prisão dos dois foi possível graças ao trabalho conjunto desenvolvido entre policiais militares e civis do Município, que abriram mão do período de folga e elaboraram um trabalho estratégico desenvolvido ao longo de um mês e surtiu o efeito esperado, quando por volta das 20h, após cerca de 90 minutos de espera, no cruzamento entre as avenida Adjalma Saldanha e São Paulo, no bairro Berneck, foi feita a abordagem de um táxi paraguaio, com a dupla em seu interior.

A ação rápida dos policiais impediu qualquer reação dos bandidos, que são acusados pelos seguintes crimes: roubo e seqüestro relâmpago de um comerciante de Mundo Novo, de quem tomaram certa quantia em dinheiro, roubo de um VW Gol, no dia 12 de março, que foi recuperado pelo DOF próximo a Linha Internacional, uma caminhonete GM S10 no dia 16 de março e um outro utilitário do mesmo modelo no dia 18 de março. Existe forte suspeita de a quadrilha teria Roubado no dia 28 de fevereiro um Ford Fusion e ainda uma caminhonete GM S-10, em Itaquiraí, na semana passada.

Investigações estão sendo desenvolvidas no sentido de localizar e prender os demais componentes do bando, que já foram identificados, bem como apurar os demais crimes que o grupo teria praticado. Os organismos de segurança envolvidos na Operação conjunto repassarão informações a autoridades policiais paraguaias, pois existe a suspeita de que a quadrilha tenha praticado roubos naquele País.

Os dois acusados foram levados para Delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo, onde foram autuados em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo de uso de restrito e houve o recolhimento dels para uma cela provisória da Delpol, onde permanecem a disposição da Justiça.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE