Força Tática apreende carga de madeira transportada ilegalmente


PUBLICIDADE

IVINOTICIAS/PM

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul através da equipe de Força Tática, apreendeu na manhã de domingo (01) por volta das 11 horas, uma carga de madeira totalizando 55 metros cúbicos sem a devida licença para transportar, válida para todo o tempo da viagem e do armazenamento autorizado pela autoridade competente.

 

A equipe Forca Tática empenhada na Operação Hórus realizava o patrulhamento ostensivo e preventivo na MS-276 na estrada cascalhada que liga a cidade de Taquarussu a Batayporã quando avistou uma carreta modelo M. BENZ ano 2020 com placas de Maringá-PR com 02(dois) reboques optou pela abordagem. Ao entrevistar o motorista de 53 anos sobre a carga em primeiro momento ele alegou que estava vazio, então foi solicitado que ele abrisse parte da lona para verificar o interior dos reboques.

 

Diante da solicitação o motorista mudou a declaração e alegou que estava carregado. Em vistoria no veículo notou-se quem ambos estavam carregados de madeira, foi então solicitada a nota fiscal, bem como o DOF (Documento de origem florestal) da respectiva carga, sendo apresentado uma nota fiscal emitida na data de 11/06/2021 com vencimento na data de 17/06/2021, sendo observado também que as placas no documento eram incompatíveis com a existente no veículo abordado.

 

Diante da constatação, o motorista informou que não possuía nota fiscal da carga carregada na carreta, bem como usava aquela nota fiscal antiga, na tentativa de ludibriar a fiscalização. Ele declarou que carregou a carreta em Mato Grosso e teria como destino Umuarama-PR. Diante do flagrante foi acionado o apoio da Polícia Militar Ambiental que fez a medição da carga e elaborou o Auto de infração e TAD (Termo de apreensão e depósito) bem o LC (laudo de constatação).  A carreta e o autor foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina para a elaboração da ocorrência bem como as medidas administrativas por parte da Polícia Militar Ambiental que posteriormente foram apresentados ao agente de plantão.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE