Homem que queimou bandeira do Brasil é preso pela PF


PUBLICIDADE

O homem que escalou o mastro e queimou um pedaço da bandeira nacional, na Praça dos Três Poderes, próximo ao Congresso, em Brasília, foi preso no início da tarde desta quarta-feira (13), por agentes da Polícia Federal. Ele desceu do monumento e se entregou.

Os bombeiros ficaram cerca de 4 horas tentando retirá-lo do interior do local, que possui 100 metros de altura e tem uma bandeira que possui 286 metros quadrados.

Junto com ele, foi apreendida uma sacola com um litro de combustível, cordas, fósforos e alimentos, segundo a Polícia Militar, que também participou da operação.

Em um pedaço de papel atirado do alto do mastro, o homem anotou o número do celular. Para os jornalistas, ele disse que o nome dele é Paulo Sérgio Ferreira, que tem 38 anos, se sente "perseguido" e acusa o Brasil de ser "uma pátria assassina de negros."
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE