Tempestades matam 17 pessoas no sul da China


PUBLICIDADE

Pelo menos 17 pessoas morreram e mais de 150 ficaram feridas em consequência das tempestades com fortes ventos e chuvas de granizo de domingo (17) na província de Guangdong, sul da China.

As tempestades afetaram as cidades de Cantão, Foshan, Dongguan e Zhongshan. Quase todas as vítimas morreram devido à queda de muros e de objetos provocados pelos fortes ventos.

Segundo o Ministério de Assuntos Civis chinês, as chuvas e ventos afetaram 506,7 hectares de cultivos e provocaram perdas econômicas de 50 milhões de iuanes (cerca de R$ 12 milhões) na região.

Na província de Guizhou, no sudoeste da China, as tempestades de granizo não causaram mortos, mas provocaram perdas econômicas no valor de 75 milhões de iuanes (R$ 17,6 milhões).
 




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE