NOVA ANDRADINA: Vítimas da Covid-19 são homenageadas com plantio de árvores

98 mudas de ipê foram plantadas em frente ao Velório Municipal. Iniciativa visa eternizar lembranças de entes queridos e simboliza a esperança no futuro


PUBLICIDADE

JORNALDANOVA

FOTO: Divulgação
PUBLICIDADE

As vésperas do Dia da Árvore, mudas foram plantadas no entorno do Velório Municipal para homenagear às 98 vítimas da Covid-19 no município. A iniciativa foi idealizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado (SEMDI) a partir de sugestões de vereadores e da primeira-dama Joana Darc Bono Garcia.

 
 

Com auxílio de jardineiros do Viveiro Municipal, as covas foram abertas e preparadas para o plantio na manhã desta segunda-feira (20). Autoridades e representantes dos familiares ajudaram no plantio das mudas de ipê nas cores rosa, roxa e amarela e na colocação das placas com os nomes das vítimas e apoiadores. A espécie, conhecida como a flor do Brasil, pode durar cerca de 100 anos.

 

O prefeito Gilberto Garcia foi o responsável pelo plantio do único ipê branco entre as mudas, que representou Silvana Correia, primeira vítima da doença no município, no dia 25 de junho de 2020.

 

“É uma simbólica homenagem, mas que mostra o respeito que temos pelos irmãos que perdemos. Nossa ideia também é fazer um memorial para eternizar lembranças dos nossos saudosos parentes e amigos, vítimas dessa pandemia. Que essa ação sirva um pouco de consolo aos familiares e possa sensibilizar aqueles que ainda não se convenceram de que a vacina é importante e pode salvar vidas”, declarou o chefe do poder executivo municipal. 

O secretário Hernandes Ortiz disse que o ato simbólico é uma forma de homenagear não só as vítimas, mas também suas famílias. “É um momento de lembranças.  Uma atitude simples, em memória às pessoas que nos eram queridas e, infelizmente, nos foram tiradas de maneira repentina do nosso meio. O ipê foi escolhido porque é uma árvore forte, frondosa e que deixa flores lindas. Que Deus console o coração de todos que perderam seus entes queridos e nos proteja dessa doença”, ressaltou.

 

Membros do Rotary Clube Nova Andradina Centenário prestigiaram a cerimônia e fizeram questão de prestar suas homenagens. O presidente Bruno Yasunaka, elogiou a iniciativa.

 

“A ideia de realizar esta homenagem é incrível. É uma forma de a gente manter viva a lembrança dessas pessoas que foram muito importantes para nós e que foram guerreiras no enfrentamento a esta doença”, comentou, ao fazer o plantio simbólico da muda em homenagem a Sandro Yohihara, que era companheiro rotariano.

 

A cerimônia foi prestigiada pela primeira-dama Joana Darc, os vereadores Fábio Zanata, Cida do Zé Bugre, Márcia Lobo, Gabriela Delgado, Arion Aislan, o comandante do Corpo de Bombeiros, Major Pablo, presidente da Acina, Roberto Lazarini, e os secretários municipais Emerson Nantes, Júlio Cesar Castro Marques, Sérgio Maximiano, Giuliana Masculi Pokrywiechi, Julliana Ortega, Roberto Ginel e Valter Valentin Pinto. 





PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE