Onda de furtos deixa ao menos 10 moradores sem hidrômetro

Equipamento tem cobre na composição, o que chama atenção de ladrões desse material


PUBLICIDADE

CAMPOGRANDENEWS

Concessionária orienta que clientes usem a caixa de proteção padrão (Foto: Henrique Kawaminami)
PUBLICIDADE

Uma onde de furtos de hidrômetros, equipamento que mede o volume de água que abastece os imóveis, tem tomado conta da Capital. Em quatro dias ao menos dez pessoas registraram o furto na Polícia Civil, porém o número pode ser maior.

 

O medidor tem um percentual de cobre e metal considerado de maior valor, o que chama atenção de ladrões desse material. Conforme apurado, o equipamento é desmontado da cúpula plástica e comercializado o cobre da carcaça.

 

Na Vila Bandeirantes, por exemplo, uma mulher de 75 anos disse à polícia que percebeu o furto do aparelho quando acordou e resolveu usar a água, porém não tinha. Quando foi verificar, o medidor já não estava no local. Ela acredita que o furto tenha ocorrido durante a noite.


No mesmo bairro, outra moradora de 55 anos também registrou o furto. Ela contou que saiu de casa de manhã quando se visualizou que o hidrometro não estava no local, na entrada da garagem.

PUBLICIDADE


O mesmo problema ocorreu com moradores da Vila Jacy, Seminário e Caiçara, onde até uma escola municipal foi vítima. A vigilante do local disse que ficou até 0h do dia 23 quando estava tudo normal e retornou às 4h porém já estava sem o produto.

 

No bairro Amambai, uma mulher de 58 anos afirmou que percebeu o vazamento. "Estava acordada por volta das 2h e o registro ainda estava lá. quando acordei, desci e percebi um vazamento onde ficaria o registro, que não estava mais lá", contou.

 

À reportagem a Águas Guariroba informou que realmente tem ocorrido bastante furto do medidor nos últimos meses. "Quando ocorre, o cliente deve fazer um boletim de ocorrência e solicitar a reposição", explicou, afirmando ainda que a troca é cobrada.

 

Sobre a questão de colocar alguma proteção, a orientação é que os moradores usem a caixa padrão. 


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE