Armário despenca em idosa internada e família denuncia descaso de hospital

Segundo a filha, a mulher que estava para ter alta foi levada para o CTI e está desacordada desde o ocorrido


PUBLICIDADE

CAMPO GRANDE NEWS

Paciente ficou com o rosto desfigurado após acidente dentro de hospital particular. (Foto: Direto das Ruas)
PUBLICIDADE

Internada para tratar uma infecção urinária no Hospital El Kadri, em Campo Grande, idosa de 72 anos ficou com o rosto desfigurado, após ser atingida por armário suspenso que despencou sobre seu leito de internação. Revoltada, a família registrou o boletim de ocorrência no dia 16 de novembro e sem respostas, procurou o Campo Grande News.

 

Segundo a filha da vítima, Ana Liria Gomes, de 53 anos, as duas estavam no quarto, na tarde do dia 11, quando o armário que servia como guarda-roupas despencou sobre a maca. “Eu estou em choque até agora, foi um barulho alto, uma cena de horror, se não fosse o apoio daquela maca, minha mãe teria morrido na minha frente”, contou, ainda abalada.

 

Após o acidente, a idosa Maria Gomes Ferreira, que estava para ter alta, segundo a filha, foi levada do quarto para uma internação no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do hospital, onde permanece até agora em observação. “Minha mãe estava bem, falando, comendo bem, se recuperando e agora, só tenho notícia de piora. Já faz três dias que ela está desacordada”, conta.

 

Sem o amparo do hospital, a família da idosa registrou o caso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e a presença da perícia no hospital teria causado um incômodo à equipe médica. “Depois que os policiais estiveram aqui, me tiraram do quarto que eu estava com ela e me deixaram aqui no corredor. O comportamento dos médicos mudou, parece até que eles não queriam que tivéssemos denunciado”, fala.

 

Para além do tratamento indiferente dos profissionais, a família cobra explicações. “Queremos respostas, minha mãezinha estava bem e agora, está ali desacorda e a equipe só sabe nos falar que foi uma lesão leve, mas qualquer pessoa que olha para os ferimentos vê que não foi”, diz.

 

O Hospital El Kadri informou, via assessoria de imprensa, que o acidente foi causado por terceiro e que ninguém da equipe foi responsável pela queda o móvel. "O hospital segue dando todo respaldo para os familiares e aguarda o laudo técnico para saber o que aconteceu".




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE