'Novo Lázaro', criminoso que matou 3 se entrega em Goiás

Wanderson tem 21 anos e é suspeito de matar esposa e enteada


PUBLICIDADE

MIDIAMAX

Caso que chocou o interior de Goiás na última semana teve desfecho neste sábado (4). Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, se entregou na manhã de hoje após caçada que envolveu as forças policiais de Goiás e Distrito Federal. Depois de matar três pessoas, entre eles a mãe e a enteada, Wanderson ficou conhecido como o 'Novo Lázaro', menção ao criminoso que acabou morto pela polícia em junho, depois de uma série de homicídios em Goiás.

 

Na manhã deste sábado, de acordo com o jornal Metrópoles, Wanderson se entregou em um posto da Polícia Militar na cidade de Gameleira de Goiás, distante 100 quilômetros de Goiânia. Conforme as primeiras informações, o criminoso abordou um casal na zona rural da cidade no início da manhã de hoje e apontou um revólver para os dois. 

 

A moradora da casa teria acolhido Wanderson e oferecido comida e roupas para o jovem. Foi ela, segundo a polícia, quem convenceu que o rapaz se entregasse para a polícia e encerrasse a caçada. O jovem deve ser encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia em Anápolis.

 

Os crimes


De acordo com o Metrópoles, Wanderson é suspeito de matar a facadas a companheira Raniere Aranha Figueiró, de 19 anos, e a filha dela, Geysa Aranha Rocha de Souza, de 2 anos, além de um fazendeiro na região de Corumbá de Goiás, no Entorno do DF.

 

O criminoso foi levado para a cidade pelos donos da fazenda, onde ele se entregou e foi capturado pela Polícia Militar. O jovem deve ser encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia em Anápolis.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE