NOVO HORIZONTE DO SUL: Alunos de Escolas Municipais expõem produtos desenvolvidos em sala

Evento marca a conclusão da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos, executada por meio do programa Cidade Empreendedora


PUBLICIDADE

SEBRAE

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Nos dias 02 e 03 de dezembro, foi realizada a Feirinha do JEPP na Escola Municipal Professor Eduardo Pereira Calado de Novo Horizonte do Sul. Alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, tiveram a oportunidade de apresentar à comunidade, os produtos que desenvolveram em sala de aula, a partir da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP).

 

A iniciativa foi promovida por meio do programa Cidade Empreendedora, executado pela primeira vez em Novo Horizonte do Sul, pelo Sebrae/MS, em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação. Com a proposta de possibilitar que as crianças aprendessem sobre inovação e empreendedorismo, o projeto capacitou os professores para que as temáticas fossem trabalhadas com os alunos em sala de aula. Na escola de Novo Horizonte do Sul, 342 alunos participaram do projeto e 8 professores foram capacitados.

 

Por meio da metodologia, o tema empreendedorismo foi trabalhado com os estudantes de acordo com a faixa etária e o ano que estão cursando. Por exemplo, com a turma do 1º ano o tema proposto para a ideia de negócios foi o “Mundo das ervas aromáticas”, quando os alunos são estimulados a cultivar hábitos mais saudáveis e, além disso, desenvolveram produtos a partir dessa matéria prima, como sachês perfumados.

 

De acordo com a gestora estadual do Programa Educação Empreendedora do Sebrae/MS, Priscila Veloso, a metodologia aplicada em cada turma envolveu a criação de produtos e a Feirinha do JEPP reuniu todos eles. “A ação vem estimular a confraternização entre a comunidade escolar e é um momento que representa todo o trabalho que os professores desenvolveram com os alunos no decorrer do ano e, dentro dessa proposta, os estudantes têm a oportunidade de vender os produtos e ter a vivência do que é o empreendedorismo e como pode ser colocado em prática”, ressaltou Priscila.

 

Segundo Sebastiana de Paula Teixeira Pereira, diretora da Escola Municipal Professor Eduardo Pereira Calado, o material é enriquecedor, professores e alunos compartilharam muitos conhecimentos. “A experiência foi maravilhosa. Os trabalhos realizados foram de grande aprendizagem, onde alunos, professores e família puderam colocar a mão na massa. Foi na 1° feirinha de empreendedorismo que as crianças perceberam a importância da reciclagem. Os brinquedos ecológicos favoreceram a natureza, com a beleza e criatividade encantava a criançada”, disse a diretora.

 

Já para Elizabeth Vergineo, analista técnica do Sebrae que atua na Regional Sul, a metodologia colaborou para ampliar a visão das estudantes. “O JEPP foi um sucesso em Novo Horizonte do Sul, as crianças colocaram na prática todo o aprendizado que tiveram em sala de aula, as comunidades escolares vestiram a camisa do empreendedorismo e conseguiram trazer todos para o encontro dos pequenos empreendedores, que foi de grande importância para o futuro do município”, completou a Elizabeth.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE