MS toma conta do pódio no Brasileiro Regional de Wrestling e volta com oito medalhas


PUBLICIDADE

ASSESSORIA

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Mato Grosso do Sul “alugou” o pódio do Campeonato Brasileiro Regional – Região II de Wrestling, modalidade também conhecida como luta olímpica. O evento foi realizado no último fim de semana em Santa Luzia (MG), município pertencente à Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). A delegação sul-mato-grossense, apoiada pelo Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), voltou com oito medalhas no total, sendo cinco de ouro e três de prata.

 

O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Wrestling (CBW) e reuniu cerca de 300 atletas, que duelaram nas categorias infantil, sub-15, cadete, júnior e sênior. Além de medalhas, os lutadores foram em busca de pontos ao ranking nacional, essencial para os critérios de definição dos contemplados do programa Bolsa Atleta, nos níveis federal e estadual.

Todos os oito atletas de Mato Grosso do Sul medalharam, demonstrando o poderio do Estado na modalidade, ainda em ascensão no país. “Quando se trabalha todos os dias e com seriedade em busca de um objetivo, os resultados com o tempo virão. Nosso desempenho na competição é fruto disso, um trabalho realizado há bastante tempo, uma luta diária”, salienta o técnico da equipe sul-mato-grossense, Agnaldo Pereira dos Santos, um dos principais nomes do wrestling no Brasil.

 

Para o treinador, que prepara os atletas na academia RA Fitness & Combat, em Campo Grande, o desempenho foi além das expectativas. “As expectativas estão sempre sendo superadas e isso que me deixa ainda mais feliz. Faço um planejamento, chegamos na competição e é sempre mais. Nesse não foi diferente e conseguimos trazer muitas medalhas, com todos os atletas”, enfatiza Agnaldo, contemplado pelo Bolsa Técnico, programa de incentivo do Governo do Estado, administrado pela Fundesporte e pioneiro no país.

 

Confira abaixo os medalhistas sul-mato-grossenses, todos no estilo livre:

 

Ouro

 

Amanda Lima Leal – até 57 kg (sênior)

Paulo André Gonçalves da Silva – até 71 kg (cadete)

Luan Alves Cabral – até 57 kg (sub-15)

Vicenzo Santullo Pisciottano – acima de 55 kg (infantil – 11 a 12 anos)

Gustavo Oliveira da Costa – até 55 kg (infantil – 9 a 10 anos)

 

Prata

 

Dan Rayan Ferreira Borges – até 55 kg (cadete)

José Luiz Prado – até 62 kg (sub-15)

Ryan Samuel da Silva Brandão – até 42 kg (infantil – 11 a 12 anos)




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE