Pagou autorização? Sindicato revela o que Globo fez para ter Jade Picon em “Travessia”


PUBLICIDADE

METROPOLITANA 98.5 FM

(Foto: Reprodução/Instagram)
PUBLICIDADE

Após o presidente do Sindicato dos Artistas, Hugo Gross, se pronunciar sobre a contratação de Jade Picon na Rede Globo, o portal Notícias da TV procurou o órgão responsável mais uma vez, para dar maiores detalhes sobre o processo.

 

Por Jade não ter o DRT de atriz, documento que comprova que a celebridade está pronta para exercer a profissão, a Globo é obrigada a pagar 20% do contrato total da influenciadora para o sindicato, todos os meses, até o fim da data que consta no documento. Para isso, a emissora precisa entrar com um pedido formal, feito por um formulário online, e dar entrada à solicitação, que pode ou não ser aceita pelo SATED.

 

“A produtora [Globo] tem que se responsabilizar por esses profissionais. Não é a própria pessoa que paga. Quem está te contratando tem que vir aqui no sindicato, trazer as documentações e nos solicitar a autorização”, disse um dos funcionários do Sindicato.

No entanto, é importante lembrar que essa autorização é temporária e portanto, Jade não poderá trabalhar como atriz em qualquer momento. A exceção vale apenas para o trabalho pontual, para que ela possa ter tempo e experiência até pedir o registro oficial.

 

“Entendemos que tem pessoas que ainda são novas na função e precisam trabalhar, mas o artista, para fazer qualquer trabalho, a produtora teria que exigir o registro. Eu não tenho o porquê de furtar a oportunidade de trabalho de ninguém. Cada caso, conforme consta em nosso site, tem um valor que a produtora deverá arcar. As solicitações de autorização especial, se negadas, obrigam as empresas a efetuarem as devidas substituições”, disse um funcionário.

 

Jade se pronuncia sobre críticas

Em entrevista ao Hugo Gloss, a influenciadora Jade Picon revelou como conseguiu lidar com as críticas de pessoas que reprovaram a vaga da ex-BBB na novela “Travessia”.

 

“Já passei por muitas coisas devido os comentários alheios. Dessa vez, foi algo que lidei com muita tranquilidade porque eu tinha noção da dimensão desse meu sonho e eu não queria deixar que nada pudesse abalá-lo. Eu confiei 100% na Globo e deixei com que eles resolvessem isso da melhor maneira possível. E foi resolvido”, contou.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE