‘Volante travou’, diz motorista de Ivinhema que colidiu com a F250 e causou 2 mortes


PUBLICIDADE

LIGADO NA NOTíCIA

Motorista contou que ao retornar para a via já “deu de frente com a caminhonete”; Fotos: Sidnei Bronka/Ligado Na Notícia
PUBLICIDADE

O condutor da Scania 113, identificado como B.P.C. de 62 anos, se apresentou na manhã desta terça-feira (2), na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), em Dourados, e alegou que o volante do veículo travou, fazendo com que ele fosse para o acostamento direito da pista.

 

Depoimento no qual o Ligado Na Notícia teve acesso, o motorista contou que ao retornar para a via já “deu de frente com a caminhonete”. Com o impacto da batida, a F250 se partiu ao meio, e os ocupantes da mesma, César Augusto Jordão do Amaral, de 59 anos, e João Batista de Souza, de 52, (motorista e passageiro, respectivamente), ficaram presos às ferragens.

 

Questionado sobre o porquê não permaneceu no local do acidente, o motorista disse que foi procurar sinal de celular para acionar a polícia e acabou socorrido por populares e trazido para um hospital da cidade com dores no peito e ferimentos leves.

 

O acidente

 

Como já mostrado pelo Ligado Na Notícia, o trágico acidente aconteceu na noite de ontem (1), próximo a Itahum. César e João, que ocupavam a F250, seguiam no sentido distrito – Dourados, e a carreta na pista contrária, quando houve a colisão.

 

A PMR (Polícia Militar Rodoviária), a PM (Polícia Militar) de Itahum, e a perícia técnica estiveram no local e realizaram os trabalhos de praxe.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE