Harfouche desiste do Senado e será candidato a deputado federal pelo Avante

Avante também definiu apoio ao Capitão Contar e Bolsonaro.


PUBLICIDADE

MIDIAMAX

Sérgio Harfouche será candidato a deputado federal pelo Avante. (Foto: Nathália Alcântara / Midiamax)
PUBLICIDADE

Sérgio Harfouche desistiu de disputar o Senado pelo Avante em MS e será candidato a deputado federal. A confirmação ocorreu na convenção do partido, na tarde desta sexta-feira (05).

Conforme Harfouche, a decisão teria sido por 'pressão' da executiva nacional, que afirmou não ter recursos para senador nos estados. "Como eu já havia apresentado meu nome para o partido como senador, é muito difícil levar sem recurso. Mas o fato que não interferiram, o fato de não ter recurso, veio para mim como um não", declarou.

Por fim, Harfouche afirmou que não desistirá de um dia voltar a disputar o Senado. "O Senado está no meu coração, e eu vou ser senador. Talvez não agora", concluiu.

O projeto de Harfouche para o Senado seria sair com apoio do União Brasil. Porém, o partido definiu o ex-ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, para lançar candidatura própria ao Senado.

Assim, Harfouche havia decidido lançar a candidatura ao Senado pelo Avante, o que também não se concretizou.

Ele é ex-procurador do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), cargo o qual não assumirá novamente, uma vez que pediu aposentadoria para poder concorrer nas eleições.

 

Avante declara apoio a Contar

Conforme o presidente regional da sigla, Lúcio Dani Soares, a escolha por apoiar Capitão Contar (PRTB) se deu por 'coerência ideológica', já que ele classifica o partido em MS como 'conservador'.

 

O cenário nacional, no entanto, é diferente. Inicialmente, o partido havia indicado André Janones como pré-candidato à Presidência, mas retirou o nome para apoiar Lula (PT).

Porém, em MS, o Avante definiu que irá fazer palanque para a reeleição de Jair Bolsonaro (PL). "Ficou estabelecido que cada diretório determinasse o que se propunha para presidente", explicou Soares.

 

Ainda conforme o presidente regional, serão lançados 9 candidatos a deputado federal e 19 para estadual.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE