'Que ele volte': Filha do Mingau, do Ultraje a Rigor, chora e pede orações após pai ser baleado


PUBLICIDADE

MIDIAMAX/GRAZIELA REZENDE

Isabella usou a própria rede social para fazer pronunciamento. (Redes Sociais/Reprodução)
PUBLICIDADE

Isabella Aglio, filha do baixista do Ultraje a Rigor, Rinaldo Oliveira Amaral, que foi feridos a tiros na madrugada de domingo (3), em Paraty, no Rio de Janeiro, usou as redes sociais para fazer um pronunciamento e falar sobre o pai. A jovem disse que recebeu muitas ligações e mensagens, mas, 'está sem cabeça' para responder e todo o trâmite para levá-lo até São Paulo foi feito, em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

No dia do aniversário do pai, Isabella ressaltou que o estado de saúde dele é delicado e pede orações. 'O que a gente pode fazer agora é orar. Independente da sua religião, por favor, orem pelo meu pai. Que a cirurgia corra bem, que ele volte, que ele fique sem sequelas, não sei. Só rezem e orem pelo meu pai, independente do que vocês acreditam', falou.

Em seguida, a jovem agradeceu as pessoas que se mobilizaram, gente que ela nem conhecia e que foram 'essenciais e cruciais' para que a transferência de Rinaldo fosse feita.

O que aconteceu?

'Mingau’ estava em um veículo perto da Praça do Ovo, Ilha das Cobras, quando teria passado em alta velocidade por um quebra-molas e com isso, o carro acabou ‘voando’. Em seguida vários tiros foram disparados em direção ao carro e um deles atingiu Rinaldo na cabeça, segundo informações do Correio Brasiliense.

O baixista foi levado para o hospital Hugo Miranda e o estado de saúde é estável. O vocalista da banda, Roger Moreira, chegou a usar as redes sociais para contar o ocorrido e pedir ajuda para achar um neurocirurgião na cidade em que ocorreu o incidente.

'Mingau, nosso baixista, foi baleado na cabeça. Está em Paraty e precisa de um neurocirurgião. Se alguém souber de algum disponível, por favor, avisem. Obrigado!', publicou Roger no Twitter.

Uma hora depois, Roger voltou às redes sociais para informar que havia conseguido um profissional e pediu oração pela saúde do amigo.

'Já conseguimos tudo de que precisávamos. Mingau já está sendo atendido. Agora pedimos que rezem, orem, pensem positivo. Vamos torcer. Muito obrigado', escreveu.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE