Saúde e Anvisa reforçam alerta sobre uso de pomada capilar no carnaval

No ano passado, foram registrados vários casos de intoxicação e diversas marcas foram retiradas do mercado pelas autoridades de saúde


PUBLICIDADE

AGêNCIA BRASIL

Imagens: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil
PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) voltaram a alertar sobre o uso de pomadas para modelar, trançar ou fixar o cabelo – desta vez, em razão dos dias de folia.

 

As pomadas modeladoras são comumente aplicadas na manutenção de penteados, especialmente tranças, como uma alternativa para aumentar a durabilidade e melhorar o acabamento.

 

Em dezembro, foram registrados diversos eventos adversos e casos de intoxicação por conta do uso desse tipo de produto. À época, cerca de 1,2 mil pomadas tiveram seus registros cancelados e se somaram a outros 1,7 mil ao longo de todo o ano passado.

 

“Com a chegada do carnaval, a pasta se juntou à Anvisa nas ações de comunicação que educam sobre os cuidados necessários”, destacou o ministério em nota. Nas redes sociais, a pasta divulga conteúdos voltados para consumidores, profissionais de beleza e trabalhadores da saúde.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE