Mulher tem roupas rasgadas e é estuprada embaixo de pontilhão

Autor ameaçou ‘furar’ mulher com um canivete


PUBLICIDADE

MIDIAMAX

Divulgação
PUBLICIDADE

Uma mulher de 56 anos foi estuprada embaixo de um pontilhão, em Campo Grande, por um morador em situação de rua. Ela teve as roupas rasgadas pelo autor, que ainda ameaçou ‘furá-la' com um canivete, caso não fizesse o que mandava. O caso está sendo investigado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

 

O crime aconteceu no dia 10 deste mês, mas a vítima só procurou ajuda no posto de saúde nesta sexta-feira (12), quando disse aos médicos que havia sido estuprada. Com isto, a Polícia Militar foi acionada para a unidade de saúde e a mulher relatou aos policiais que não conhecia o homem.

 

Ela ainda disse que estava embaixo do pontilhão na saída para Três Lagoas, bebendo quando o morador em situação de rua chegou. A mulher não é moradora de Mato Grosso do Sul e estava na cidade há pelo menos cinco dias.

 

Segundo o relato da vítima, logo após a chegada do homem, ela se levantou dizendo que iria urinar e ele foi atrás afirmando que iria protegê-la para que ninguém a visse, mas acabou rasgando as roupas dela e a estuprando. Ele ainda a ameaçou com um canivete.

 

A vítima estava com vários ferimentos pelo corpo e cabeça. O Samu (Serviço de Atendimento de Urgência) fez o socorro da mulher, que depois de receber alta foi encaminhada pelos policiais militares para a delegacia. O autor não foi encontrado.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE