Bebê surpreende pais e equipe médica ao nascer com seis dentes em maternidade de MS


PUBLICIDADE

MIDIAMAX

Foto: Luciana Domingos/Arquivo Pessoal
PUBLICIDADE

A cumplicidade entre as Luciana’s – mãe e obstetra – fez com que o parto fosse extremamente tranquilo. No horário marcado para às 17h, da última sexta-feira (24), lá estava a comerciante Luciana Domingos Duarte, de 41 anos, além de sua família acompanhando cada detalhe e a equipe médica. No entanto, assim que Arthur Duarte Alves veio ao mundo, uma surpresa mudou tudo: ele nasceu com seis dentinhos.

 

“Eu nunca imaginei. Me disseram que nasce um entre três milhões com dente e eles nasceu com quatro embaixo e dois em cima. Agora tem a pele da gengiva em cima, que tá querendo rasgar parece. A gente sabe que é mais comum nascer com cabelo, mas, dente é algo que deixou todo mundo surpreso. O Arthur tá passando por especialista, estamos vendo se é melhor tirar ou cuidar, porque já falaram que tem o risco de cair e ele engasgar”, explicou ao Jornal Midiamax a comerciante.

 

Nos últimos dias, Luciana diz que foi orientada a buscar especialistas e está agendando consultas, mas, enquanto isso a família está curtindo o novo integrante. “O meu marido achou a coisa mais impressionante. E eu já tenho uma filha de 21 anos, que estava filmando, ao meu lado, quando a médica falou: ‘Ai Lu, ele nasceu com dente’. E eu disse: ‘Ué, dente?’. Foi um susto, uma surpresa, mas, eu confio plenamente na minha médica e nas orientações dela. E para quem eu contei, da família, foi surpresa também, ainda mais as pessoas de idade”, contou.

Foto: Luciana Domingos/Arquivo Pessoal

‘Segundo caso este ano’, diz a médica
A ginecologista e obstetra Luciana Ribeiro Tannus Jaber, que possui oito anos de experiência na área, explica que este é um fenômeno raro, mas, gosta de enfatizar que sempre ocorrem ‘situações diferentes’ nas salas de parto, sendo algo que ela comenta bastante em suas redes sociais.

 

“É interessante e tem casos que a gente fica perplexo mesmo. Neste caso, o bebê nasceu com seis dentes, ainda protegidos, só que esta gengiva deve diminuir e o dente deve aparecer, em três a quatro semanas. A orientação foi encaminhar ao odontopediatra”, comentou.

 

De acordo com Luciana, é o segundo caso este ano. “Não é nada comum. Estudos apontam que um a cada cerca de três mil pacientes podem ocorrer. E pode estar associado a algumas síndromes, mas, também não quer dizer que tem problema algum. Estes dentes geralmente são um pouco mais fracos, daí perde e vai desenvolver o dente normal, aos seis anos mais ou menos”, explicou.

Foto: Luciana Tannus/Arquivo Pessoal

‘Olhei o rostinho e já vi a acentuação da gengiva’ lembra médica
No dia do parto, Luciana fala que rapidamente percebeu os dentinhos. “Na hora que tirei o bebê, avaliei para entregar para mãe e olhei no rostinho e já vi uma acentuação da gengiva. Aí eu falei: ‘Ai Lu’, já comentando sobre os dentinhos. A mãe ficou surpresa, os familiares todos, mas, graças a Deus está tudo bem. A mãe já amamentando, está tudo bem”, ressaltou.

 

A médica fez um post sobre o caso do Arthur, escrevendo na legenda: ‘Bem-vindo ao mundo, pequeno milagre!’. “As pessoas comentam bastante e tem gente que brinca que os bebês já estão nascendo prontos e com celular na mão. Eu estudo muitas coisas a respeito, mas, não posso afirmar sobre uma mudança genética na população e nem nada neste sentido, só que é o segundo caso que atendi neste ano”, finalizou Ribeiro.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE