Viagra passa a ser vendido a R$ 15 a partir de amanhã


PUBLICIDADE

CG NEWS

Depois de quebrada a patente do Viagra, medicamento utilizado nos casos de disfunção erétil, o produto vai custar 50% menos que a versão genérica. O preço praticado pela Pfizer, indústria criadora da formula, será de R$ 15 em embalagens individuais.

Segundo a Agência Estado, a estratégia é garantir mercado para o Viagra. “O Viagra mudou a forma com que a sociedade lida com a sexualidade. Diferentemente do que acontece quando um produto perde patente, a empresa não pretende deixar de investir no medicamento", comenta o presidente da Pfizer Brasil, Victor Mezei.

Com a quebra da patente, versões genéricas do medicamento podem ser produzidas e vendidas a preços mais populares. A segurança e eficácia de Viagra foram comprovadas por mais de 160 estudos clínicos, tendo uma média de seis pílulas azuis comercializadas por segundo.

No ano passado, foram vendidos aproximadamente 7 milhões de comprimidos, de acordo com dados da consultoria IMS Health.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE