Perícia confirma que indígena foi assassinado e não atropelado em Dourados


PUBLICIDADE

DOURADOS AGORA

Ontem, por volta das 2h, Nivaldo Barbosa, de 37 anos, morreu com um golpe de facão no pescoço na aldeia Tey Cuê, em Dourados. A princípio, a polícia foi informada que havia ocorrido um atropelamento com vítima fatal, mas durante a perícia foi constatado que Nivaldo foi assassinado com um golpe de facão no pescoço.

Lideranças indígenas foram informadas acerca da identidade do acusado, que foi preso e entregue à Polícia Civil.

Na delegacia, o acusado negou qualquer envolvimento com o crime, mas na casa dele a polícia encontrou um facão ensanguentado. Ele foi autuado em flagrante acusado de homicídio e está preso.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE