PRF prende 45 pessoas embriagadas nas rodovias de MS em operação de fim de ano


PUBLICIDADE

MIDIA MAX

Balanço parcial da operação de final de ano da PRF (Polícia Rodoviária Federal), prevista para encerrar às 0h desta quarta-feira (2), aponta que 45 pessoas já foram presas por embriaguez. Mesmo com a nova Lei Seca em vigência, que dobrou o valor da multa e agora é de R$ 1.915,30 a polícia acredita que motoristas ainda não tem consciência do risco que estão causando a sociedade, ao dirigir sob efeito de álcool.

"Ainda não sentimos uma mudança de conduta das pessoas, embora o esforço da PRF e de parte da sociedade em acabar com este problema. O balanço parcial como um todo é positivo, já que diminuímos o número de acidentes, mortes e feridos", afirma aoMidiamax o inspetor da PRF Tércio Baggio.

Hoje, segundo o inspetor, o movimento ainda pode ser grande porque algumas pessoas ainda estão retornando de viagem. "Diferente de 2011, quando foram 15 dias de operação e o calendário foi diferenciado para cobrir o final de semana, este ano terminamos as ações nesta quarta-feira (2), após 11 dias nas rodovias de MS. E o mais importante é que houve uma redução de quase 50% no número de acidentes", fala o inspetor Baggio.

Em 2011 foram contabilizados 202 acidentes, já no ano passado 127. De feridos em 2011 foram 155, 35 a mais do que nesta operação de 2012 e 15 mortos em 2011, sendo que no ano passado foram oito mortes.

Já os 'beberrões' de plantão fizeram 2.628 testes do bafômetro, sendo que 75 destes foram autuados em flagrante, com a recusa do direito de dirigir por um ano, a carteira suspensa e a nova multa. A exceção só foi válida para os reincidentes, que tiveram o valor dobrado.

De presos foram 45 até o momento, sendo que estes foram encaminhados para a delegacia mais próxima do município e lá arbitrada a fiança.

Cleber Gellio (Arquivo Midiamax)


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE