Modelos GG dão dicas de como se vestir na praia e no dia a dia


PUBLICIDADE

EGO

Nada mais de moletom e legging! As gordinhas também podem andar na moda e valorizar as formas, seja na cidade ou mesmo na praia. O truque básico - como contam as modelos GG Andrea Boschim, Simone Fiuza, Celina Lulai, Mayara Russi e Bianca Raya - é destacar o que se tem de melhor e esconder aquilo que está desproporcional. "Você pode seguir as tendências desde que a roupa caia bem. Fique certa no seu corpo", diz a modelo.

Mais de 40% da população brasileira, segundo o IBGE, estão acima do peso, e a maioria é de mulheres. Com tanta demanda, existem cada vez mais grifes especializadas em tamanhos grandes. "Quando comecei (como modelo GG, em 2003), as roupas eram sem corte, de velho. De cinco anos para cá, as grifes têm apostado em modelagem", analisa a modelo e consultora de moda Andrea Boschim, 32 anos, manequim 48.

Então, se você está saudável com seus quilinhos a mais, ou se a dieta ainda não funcionou, não precisa ficar no "limbo fashion", trancafiada em casa sonhando com um corpo de Gisele Bündchen. Existem opções no mercado para você sair linda e cheia de autoconfiança. "Com um pouquinho de bom senso, o gordinho pode usar tudo", opina Bianca Raya, 28 anos e manequim 46. Para isto, o EGO pediu para cada uma das modelos plus size mostrar um look casual e um de praia para você se inspirar e entender o que cai bem para cada corpo.

MODA PRAIA
Seja com um biquíni, seja com um maiô, o que importa na hora de escolher um traje de banho é que ele sirva em você sem apertar no peito ou na cintura. "Tem que ter o tamanho certo e respeitar o seu tipo de corpo", sugere Andrea. "Quem tem o corpo proporcional, pode usar biquíni à vontade. Se você tem o abdômen muito grande, precisa usar maiô. Ou então um sunquíni bem altinho e sem estampa."

Quem tem o quadril largo deve chamar a atenção para o colo. Vale um sutiã mais claro, um modelo tomara-que-caia combinado com uma parte debaixo mais escura como no maiô usado por Celina Lulai. Quem tem o ombro ou os seios grandes pode usar frente única para disfarçar e dar sustentação.

 

VEJA OS BIQUÍNIS NA GALERIA DE FOTOS


Um truque básico que serve para todo mundo é o maiô de uma cor só como o verde usado por Andrea (foto acima). "Ele alonga a gordinha por inteiro", diz ela. As estampas também são permitidas, desde que sob um fundo escuro, como o maiô usado por Mayara Russi (foto acima).

 

ROUPAS PARA O DIA A DIA
Cansada de usar preto e calça jeans? As mulheres GG podem sair do óbvio, basta tomar uns cuidados, como mostram Andrea, Bianca, Celina, Mayara e Simone.


Listras e botões

Na roupa escolhida por Mayara Russi (foto ao lado), alguns fatores convergem para esticar a silhueta da modelo, como as listras verticais e o formato da camisa. "O abotoamento alonga, mas verifique se, na hora de sentar, o botão não abre. Muitas lojas especializadas sabem disso e fazem o abotoamente a partir da altura do peito", conta Andrea, que também destaca os botõezinhos verticais na legging.

 

Além disso, a camisa tem um corte que acompanha a forma do corpo sem marcar e um comprimento bom, na altura do quadril. "A meia manga é boa porque esconde as gordurinhas do braço", completa a consultora de moda.

Cintura alta, mas só se não tiver muita barriga

A escolha de Andrea Boschim - regata e saia clochard (foto ao lado) - lhe caiu bem, mas não pode ser usada por qualquer gordinha. "Esse tipo de roupa só para quem tiver o corpo proporcional". Quem tem muita barriga não pode", disse Andrea. A cintura alta e na altura do joelho alonga e esconde gordurinhas na perna, deixando à mostra a metade inferior, em geral mais magra. "O sapato de uma cor próxima ao seu tom de pele dá a sensação de continuidade", completou.


Cores claras são proibidas para gordinhos, certo? Errado! Com alguns cuidados dá para sair com tons de branco e bege sem aumentar o que não pode ser aumentado. Celina Lulai, que tem quadris largos, botou uma bermuda branca e continuou elegante (foto ao lado). Por quê? "O corte da bermuda é reto, o que alonga. O decote em V também alonga. Mas eu só pude usar porque a blusa (azul escuro) vem até o quadril, o que ajuda a disfarçar", entrega Celina, 28 anos, manequim 46.

 

Já Bianca Raya vestiu uma blusa branca com calça jeans (foto ao lado). "Se você jogar um coletinho por cima, mesmo de cor clara, dá para disfarçar a barriguinha", disse Bianca. No frio, um casaco pode fazer as vezes do colete.

Curtinho para pernas mais finas

Simone Fiuza tem o corpo "oposto" ao de Celina - ombros largos, barriguinha e quadril mais fino - e quis provar que gordinha pode usar roupa curta. Ela escolheu um vestido para uma ocasião mais informal, uma balada ou um passeio, que fica na altura do quadril. "Posso usar porque tenho a perna mais fina, mas tenho que tomar alguns cuidados", explicou Simone, 25 anos, manequim 46. "No vestido, o decote em V alonga e disfarça o ombro largo, o bolso e a prega na saia dão ênfase ao quadril, dando proporção. O sapato deixa o peito do pé aparecendo, o que também é indicado para a gordinha", completou.

 


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE