Homem joga sapato contra vereador e sessão foi suspensa


PUBLICIDADE

DOURADOS AGORA

O auxiliar administrativo Adailton Castro de Souza, de 35 anos, foi preso acusado de tentar agredir o vereador Aurélio Bonatto, no plenário da Câmara. Um manifestante atacou um sapato, enquanto os demais atiravam moedas, e Souza pulou no palco, onde foi contido.

Segundo o capitão Carlos Silva, o acusado alegou que está revoltado com a Saúde. Ele teria tentado marcar consulta para a filha, que está doente, e não conseguiu.

O acusado não tinha planejado atacar ninguém, mas quando viu o vereador Bonatto subir no plenário, não aguentou. A filha de Adailton, que reside no Santa Maria, está com um nódulo na garganta.

A família está desesperada com tudo isto. Enquanto os governantes estavam sangrando os cofres públicos, na Saúde o atendimento é precário, alega.

Conforme a PM, Adailton será encaminhado à Delegacia da Polícia Civil e poderá ser autuado em flagrante acusado de tentativa de agressão.

Diante do tumulto, na Câmara a sessão foi suspensa. Os cinco vereadores foram retirados do plenário e estão reunidos, a portas fechadas.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE