Agente de trânsito que parou juiz em blitz vai receber vaquinha


PUBLICIDADE

A agente de trânsito Luciana Tamburini, condenada a pagar multa de R$ 5 mil reais ao juiz João Carlos de Souza Correa, ganha uma vaquinha virtual para arrecadar o dinheiro.

Ao flagrá-lo em uma blitz da Lei Seca em 2012, no bairro do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, a servidora disse “você é juiz, não Deus”.

O magistrado estava sem carteira de habilitação, sem documento do veículo e o automóvel ainda não tinha placas. O juiz ameaçou prendê-la durante uma discussão.


Luciana Tamburini também já recorreu da decisão do Tribunal de Justiça do Rio.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE