Pedreiro é agredido com facada no peito ao cobrar aluguel de inquilino; o suspeito é baleado uma hora depois


PUBLICIDADE

A polícia civil investiga duas tentativas de homicídio que aconteceram no final de noite deste domingo (09) em Dourados.


A polícia não descarta a possibilidade de uma vingança entres as tentativas de homicídio. Por volta das 22h30, na Rua Onofre Pereira de Matos, no Jardim Clímax, o pedreiro Julio Belchior Correa de 29 anos, foi agredido com uma facada no peito em frente de casa.


O acusado é um inquilino da vitima. Segundo a polícia, manha deste domingo a vitima teria se deslocado, até a casa do acusado na qual é proprietário para cobrar o aluguel atrasado e pedir para o acusado desocupar o imóvel.


No local depois de uma discussão acusado o acusado concordou em deixar o imóvel, e disse que a noite levaria o dinheiro e a chave do imóvel. O acusado identificado por Thiago chegou ao portão, e chamou pela vitima.


No que a vitima se aproximou do acusado foi agredido com uma facada peito. A equipe Alfa do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e encaminhou a vítima ao Hospital da Vida em estado grave de saúde.


Vingança

Uma hora depois Thiago Roberto Cândido da Silva de 30 anos, deu entrada no hospital da vida baleado com dois tiros no pescoço e peito.


No pronto socorro do hospital Junior Belchior disse que Thiago é quem teria agredido ele com a facada no peito.


Segundo a polícia, Thiago Roberto foi baleado na Rua Abilio de Matos Pedroso, Jardim Novo Horizonte por um desconhecido.


Ferido, Thiago caiu em frente a uma casa e pediu socorro ao morador do imóvel. A vitima foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE