Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentam hoje em 1º confronto da final da Copa BR


PUBLICIDADE

Atlético Mineiro e Cruzeiro fazem nesta quarta-feira (12), às 21h (horário de MS), no estádio Independência, em Belo Horizonte, o primeiro duelo válido pela final da Copa do Brasil 2014. Pela primeira vez na história, os dois maiores rivais de Minas Gerais vão decidir um título nacional.


Para o Atlético vencer a Copa do Brasil representa a chance de conquistar mais um troféu inédito para a galeria – após a Copa Libertadores e a Recopa Sul-Americana –, já para a Cruzeiro vale o pentacampeonato, o que fará do clube celeste o mais vitorioso do torneio de forma isolada, deixando o Grêmio em segundo com quatro.


O Atlético mandará o primeiro jogo da final e o estádio do Horto contará com 100% da torcida alvinegra. O duelo definitivo acontecerá no próximo dia 26, no Mineirão, com mando do Cruzeiro.


O Atlético terá uma preocupação a mais para este duelo, já que cinco jogadores têm dois cartões amarelos e correm o risco de desfalcarem o time no jogo decisivo, marcado para o próximo dia 26, no Mineirão. São eles: Leonardo Silva, Jemerson, Marcos Rocha, Luan e Josué. Do lado celeste, apenas o goleiro Fábio está pendurado.


Em relação à escalação das equipes, no Cruzeiro, o mistério é na lateral-direita: começa Ceará, tornando o time precavido na defesa, ou Mayke será mantido como opção mais ofensiva. No Atlético, a única dúvida fica por conta de quem será o volante. Josué vem sendo o titular, mas Leandro Donizete, recuperado da lesão na coxa direita, também pode aparecer na equipe para esta decisão.


Desfalques - Com lesão no joelho direito, o zagueiro Dedé é o principal desfalque do Cruzeiro. Além do camisa 26, o time celeste não poderá contar com o atacante Marquinhos e o lateral-esquerdo Breno Lopes, que já atuaram na atual competição por outro clube.


Pelo lado do Atlético, além de Guilherme, lesionado há algum tempo no departamento médico, a baixa recente é o lateral-direito reserva Alex Silva, que cumprirá suspensão automática por ter sido expulso no banco de suplentes por ter feito gestos obscenos para a torcida do Flamengo na comemoração do quarto gol alvinegro na vitória por 4 a 1, na semifinal.


Tradição x Invencibilidade - Com tradição na Copa do Brasil, o Cruzeiro vai para a sua sexta final. Nas cinco decisões que disputou na história do torneio, a Raposa nunca foi derrotada no primeiro jogo, fato que faz a torcida celeste confiar ainda mais no penta.


Já o Atlético chega à decisão pela primeira vez e pretende voltar a conquistar uma competição nacional após 43 anos. A aposta do clube é neste jogo de ida, pois a equipe sabe usar o caldeirão do Horto a seu favor. Em sete jogos contra o rival no Independência, o Galo venceu quatro e empatou três. Além disso, o Alvinegro ainda não foi derrotado pelo Cruzeiro neste ano: dois triunfos e três empates.


FICHA TÉCNICA


ATLÉTICO-MG X CRUZEIRO


Local : Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)


Data: 12 de novembro de 2014, quarta-feira


Horário: 21 (de Mato Grosso do Sul)


Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ)


Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Rodrigo F. Henrique Correa (ESP-1/RJ)


ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Josué (Maicosuel), Leandro Donizete, Dátolo e Tardelli; Luan e Carlos


Técnico: Levir Culpi


CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Léo e Egídio; Lucas Silva, Henrique, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno
Técnico: Marcelo Oliveira


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE