Travesti é esfaqueada em assalto e socorrida 7h após o crime no centro da Capital 


PUBLICIDADE

Uma travesti foi esfaqueada nas costas durante a madrugada desta quarta-feira (26). Ela foi encontrada há pouco dentro de um quiosque na Orla Ferroviária, em Campo Grande. Ela foi vítima de um suposto assalto e só foi socorrida sete horas após o crime.


O Corpo de Bombeiros levou a travesti, de 24 anos, para atendimento no Pronto Socorro da Santa Casa.


A travesti afirmou para os bombeiros que havia sido assaltada por volta das 3 horas.


De acordo com Giovane Rodrigues, de 41 anos, a Orla Ferroviária se tornou um ponto de venda e consumo de drogas. Ele trabalha em um depósito na região.


Apenas dois quiosques permanecem funcionando na Orla, segundo ele. “Era um lugar para deixar a cidade melhor, mas acabou servindo como ponto de venda de drogas”, disse.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE