Homem estrangula e mata namorada porque ela não quis fazer sexo dentro do carro


PUBLICIDADE

O mexicano Epifanio Morales Margarita, de 34 anos, é casado, mas tinha um caso com Cristina Salazar, de 20. No último sábado (22), em Cuautla, sul do México, o romance extraconjugal acabou em tragédia. Epifiano estrangulou e matou Cristina dentro do carro em que estavam. Ele abandonou o corpo e o veículo, um Jetta, num terreno baldio. Motivo do assassinato: Cristina não quisa transar com Epifianio.


O homem foi buscá-la no trabalho, um salão de beleza (ela era cabeleireira), para dar uma volta. Parou num supermercado e deu chocolates e doces pra ela.


Em seguida, levou a moça para um terreno baldio. Tentou fazer sexo. Ela se negou. Furioso, Epifanio tentou estuprá-la. Ela tentou escapar e, para se defender, deu um soco no cara. Foi então que Epifania estrangulou a namorada, até ela morrer.


Epifianio abandonou o cadáver e o carro no terreno baldio. Testemunhas que passarem pelo local viram o cara correndo, com o rosto cheio de sangue, e chamaram a polícia.

O homem foi preso e confessou o crime, dando os detalhes da história chocante. Ele está preso e aguarda julgamento.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE