PMA autua comerciante por venda ilegal de Palmito no MS 


PUBLICIDADE

Em Cassilândia, a PMA (Polícia Militar Ambiental) daquela cidade autuou neste domingo (30), um comerciante que vendia palmitos in natura sem autorização ambiental DOF (Documento de Origem Florestal), que é o documento legal para comércio, ter em depósito ou transportar qualquer produto florestal. O produto era comercializado na feira do produtor da cidade.


Segundo a PMA, foram apreendidos 497 kg de palmito. O comerciante de 55 anos, residente em Cassilândia recebeu multa administrativa de R$ 21,9 mil. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.


O palmito foi doado para a Apae, Lar dos Idosos e Assistência Social São Francisco de Assis, Lar da Criança e do Adolescente Prudenciana Cândido Vilela e Casa de Recuperação Nova Vida, em Cassilândia.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE