'Cara de pau'rouba celular de jovem e troca foto do Whastapp por uma dele


PUBLICIDADE

A estudante de arquitetura, Lorenna Ribeiro, 18anos, teve uma surpresa após o roubo do seu aparelho celular. No mesmo dia, oassaltante mudou a foto do perfil do Whastapp da vítima e colocou umadele no lugar. O caso aconteceu no dia 2 de dezembro, próximo à UFMS (UniversidadeFederal de Mato Grosso do Sul).


Lorenna contou que estava chegando na universidade, às 6h50da manhã, quando foi abordada com por um homem em uma moto. “Ele parou do meulado e disse que queria meu celular”, afirmou a estudante, que comprou ocelular por cerca de R$ 600.


No mesmo dia, os amigos da jovem indagaram sobre a nova fotode perfil. “Eles perguntaram se eu tinha mudado a foto de perfil. Disse que nãoe quando me mostraram, eu vi que era o assaltante”, assegurou Lorenna. O rapazcolocou a foto, porém não mudou o nome do perfil, continuando como\"Lorenna\".


“No primeiro momento que vi, achei uma burrice, até ri. Émuita cara de pau”, assumiu a estudante.

Esta foi a segunda vez que a estudante foiassaltada. Na primeira, ela realizou um boletim de ocorrência na esperança deque o aparelho fosse recuperado, porém agora, ela desistiu de procurar apolícia. “O BO não adiantou em nada”, afirmou.


Ela está tentando recuperar o celular, com a ajuda deparentes, mas pela localização do aparelho não foi possível fazer oreconhecimento do local, por que a função estava desativada no momento doroubo.


A estudante contou que no final do ano váriosroubos acontecem na região.


De acordo com o dados da Sejusp (Secretaria do Estado deJustiça e Segurança Pública), em dezembro, do dia 1º até ontem (9), na Capital,foram registrados 127 roubos. Foram 10 ocorrências a mais que no mesmo períododo ano passado, onde foi registrado 117 roubos.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE