IVINHEMA: Prefeito fala na rede social sobre o carnaval de rua


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O prefeito Eder Uilson França Lima o Tuta (PMDB) após matéria“IVINHEMA: Prefeito pode cancelar Carnaval de rua em 2015, de sua opinião!” e repercussãona rede social do Site Ivinoticias respondeu por meio de sua pagina pessoa sobrea polêmica do carnaval de 2015.


Em seu comentário no link da matéria do facebook do SiteIvinoticias, o prefeito destacou que não há um recurso da cultura para ocarnaval, sendo que todos os anos contam com apoio de patrocinadores e a maiorparte bancada com recursos próprios, mas que segundo o prefeito “hoje não temos”.


O prefeito ressalva que esta buscando junto ao governo eoutros parceiros os recursos, caso não consiga o carnaval será cancelado, alémdisso, outro problema é o local, já que na Avenida Brasil não poderá serrealizado e no parque de exposição não será possível realizar o evento devido apolicia e os demais órgãos competente não concordarem  por causa da rodovia.


“Venho por intermedio desta rede social esclarecer, primeiroo municipio de Ivinhema como varios outros esta passando , por dificuldadesfinanceiras, por causa da queda de arrecardaçao, estou trabalhando para atendertodos os setores, quero dizer tambem que nao tem um recurso da culturapara o carnaval, esta festa e feita com apoio dos patrocinadores, e a maiorparte bancada com recursos proprios, que hoje nao temos, e tendo em vista dagrande crise que esta prevista para o proximo ano , minha equipe de consultoriame orientou a buscar recursos junto ao governo do estado, se nao conseguirmosnao teremos carnaval em 2015 , quero ressaltar que varias cidades estao tomandoa mesma decisao, Bonito, caarapo, tambem vao cancelar se nao tiver apoio doestado, quero lembrar tambem que nao temos mais o local, tendo em vista naopoder ser realizado na avenida Brasil, parque de exposiçao a policia e osdemais orgaos competente nao concordam por causa da Br, enfim quero dizer quese nao tivermos em 2015, teremos em 2016, pois o local estara pronto eestaremos buscando colocar no calendario de festas do estado.”


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE