André Puccinelli supera José Orcírio em gastos com publicidade no fim do mandato

Em 2007, MPE apurou verba de R$ 56 milhões de petista; André gastou R$ 130 milhões.


PUBLICIDADE

Contratos milionários e suspeitos de publicidade envolvendo o governo de Mato Grosso do Sul já motivaram uma série de ações judiciais provocadas por denúncias produzidas pelo Ministério Público Estadual (MPE). Em 2007, por exemplo, o MPE denunciou o governo estadual por desconfiar da aplicação de R$ 56 milhões em propagandas que nem sequer teria sido veiculada na mídia.

 

O destino da quantia investigada sete anos atrás foi consumida nos dois últimos anos da gestão do ex-governador José Orcírio dos Santos, do PT. 


Já nos dois últimos anos da gestão do governador André Puccinelli, do PMDB, contratos com comunicação, já alcançaram R$ 130,5 milhões. 


Ou seja, as despesas com publicidade da atual gestão, que não tem contratos investigados, supera em 132% ao recurso aplicado no serviço por José Orcírio num período igual. 


Nenhum representante das agências que faturaram os R$ 130,5 milhões se manifestou. O presidente do Sindicato das Agências de Propaganda, Henrique Medeiros não respondeu.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE