Cido Pantanal é o novo presidente da câmara de Nova Andradina para 2015 e 2016


PUBLICIDADE

O vereador Aparecido Soares de Oliveira, popular Cido Pantanal (SD) – Partido Solidariedade foi eleito na noite desta segunda-feira (15) presidente da Câmara Municipal de Nova Andradina. Com 8 votos a favor, contando com o seu, o parlamentar derrotou seus concorrentes Valter do Anzai (PSDB) que recebeu 3 votos e Vicente Lichoti com 2 votos e assume o mandato para a legislatura de 2015/16. Ele substitui Newton Luiz de Oliveira (PMDB) e vai tomar posse automática em 1º de janeiro do ano que vem.


Também foram eleitos José dos Santos Correia, Zé Bugre (PMDB) para primeiro vice-presidente, Ricardo Lima de Oliveira (DEM) para segundo vice-presidente, Mario Ferreira de Oliveira, popular Marião da Saúde (PR) como primeiro secretário e Sandro Roberto Hoice, Dr. Sandro (DEM) como segundo secretário. Cido foi o único vereador a registrar Chapa. Denominada Chapa I, “Transparência de Verdade”. Valter e Vicente registraram candidaturas individuais de última hora.

A eleição de Cido Pantanal ao maior posto do Legislativo é resultado de uma intensa articulação com as principais bancadas da casa de leis, o que lhe rendeu os apoios e votos de Adriano Palopoli (PSD), José Ferraz Chagas Filho, popular Valmirá do Pax (PMDB) e Quemuel de Alencar Florentino (PDT). Ele ficará no cargo até o fim de 2016, ano das eleições municipais e, fundamental para articulação de pré-candidaturas a prefeito.


Votos vencidos 


Mesmo depois de constatar que não teria votos suficientes para vencer o adversário, Anzai disse a reportagem que se rendeu a inúmeros pedidos de amigos, da comunidade japonesa, de seu partido, além de várias correntes da sociedade organizada do município. O tucano participou da mesa diretora da câmara biênio 2013/2014 como 2º vice-presidente. Anzai recebeu os votos de Robertinho Pereira e Nenão, ambos do PMDB.


Já Vicente tinha como certo a intenção de apoiar Anzai, desde que o tucano conseguisse angariar os dois votos que o grupo precisava para manter-se a frente do Legislativo. Como isso não foi possível, o petista preferiu amargar a derrota junto a seu colega de legenda, Edson Tolotti. Na mesa diretora, então comandada por Nenão, Vicente ocupou o cargo de 2º Secretário da casa.


Antes da sessão de posse, houve sessão ordinária, dando conhecimento aos Projetos de Leis de autoria do executivo municipal, alguns destes em regime de urgência. Também foram lidos os requerimentos dos pares, além das indicações, moções de agradecimentos, parabenização e pesares.


A população compareceu em bom número na plenária, com amigos e familiares dos três candidatos, em número de pessoas equilibrado, em apoio aos mesmos. Mas o que mais chamou atenção foi um grupo de partidários e simpatizantes do PSDB, liderado pelo ex-vereador, atual empresário Claudinei Brambila (Magrelo) que empunharam uma bandeira em apoio ao colega de partido Valter Anzai.

Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE