Empreiteira de 'papa obras' de MS ganha mais R$ 1,8 milhão em aditivos de contratos


PUBLICIDADE

O Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (18) traz umtotal de R$ 2 milhões em aditivos de contratos com empreiteiras. A maior fatiafoi para a Proteco Construções, do empresário João Amorim, que de quebra aindateve um dos acordos estendido por mais 90 dias.


Conforme a publicação oficial, a Proteco ganhou R$1.807.048,51 em dois aditivos, um referente ao contrato número 120/2013, novalor de R$ 627 mil, e outro no acordo 121/2013, este de R$ 1,180 milhão. Já ocontrato 099/2013 foi prorrogado por 90 dias.


As outras empresas beneficiadas com aditivos nos contratos,ainda segundo consta no Diário Oficial do Estado, são a Ajota Engenharia eConstrução (R$ 27.759,91); Augusto Portugal Arquitetura e Urbanismo (R$40.640,02 – este também foi prorrogado por mais 90 dias, de setembro a dezembrodeste ano); e a Nautilus Engenharia (R$ 131.176,58).


Tamanha a facilidade que Amorim tem em conseguir fechar eengordar contratos com o Poder Público motivou denúncia ao MPE (MinistérioPúblico Estadual). O assunto foi levado à Promotoria pelo vereador – e deputadofederal eleito – Zeca do PT, que chama o empreiteiro de “papa obras do Estado”.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE