Com requinte de crueldade, mulher é morta e roubada em Ponta Porã


PUBLICIDADE

Martiniana Riveiro Ferreira, de 52 anos, foi encontradamorta dentro da própria casa na noite de quinta-feira (18). A vítima estavasobre a cama de bruços, amordaçada e com as mãos amarradas nas costas. Elateria sido agredida e estrangulada, conforme análise dos peritos que estiveramno local.


O corpo da mulher foi encontrado depois que uma vizinhaestranhou o portão aberto e duas cadeiras na varanda do imóvel de Martiniana,que é localizado na Rua Arlindo Moreira, no Parque dos Ipês em Ponta Porã.


A vizinha ligou para o ex-marido da vítima para ir até oimóvel verificar o que havia de errado. Ao chegar acompanhado deoutras duas pessoas perceberam que a porta do fundo da residência tambémestava aberta e o cadeado do lado de fora, fato considerado por elesincomum.


Ao entrarem na casa sentiram  forte odor de bebidaalcoólica e se depararam com o corpo da vítima sobre a cama. A políciafoi acionada e esteve analisando o local. Eles afirmaram que a vítima não bebiapor conta do uso de medicamentos.


Populares disseram que há alguns dias a vítima recebiaa visita de um rapaz mais jovem com idade entre 23 e 26 anos. Que o jovemlevava lanche para Martiniana e sempre ficava de capacete quando estava emfrente do imóvel. Por conta disso, as testemunhas não souberam descrevê-lo.

 

Osuspeito usa uma motocicleta Star escura. O fato foi registrado comolatrocínio, roubo seguido de morte.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE