Acidente na BR-163 matou casal e deixou 2 irmãos em estado gravíssimo


PUBLICIDADE

O acidente que envolveu um caminhão frigorífico e um CitroenC3, modelo sedan, na BR-163, matou um casal identificado como Ivan José Campose Maria José. Outras duas pessoas estão em estado gravíssimo e foramencaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande em duas equipes de resgate daCCR, a concessionária responsável pela via.


Os irmãos Bruno Leal Cardoso, de 26 anos, e Ivan José CamposFilho, de 28, estavam no veículo Citroen com placas OOJ 8038, de Corumbá, quevinha no sentido Nova Alvorada do Sul/Campo Grande.


Ambos são naturais de Pernambuco. O pai de Ivan Filho era ocondutor, que morreu com o impacto. No carro, atrás do motorista, estava MariaJosé, que também faleceu.


Já o motorista do caminhão, com placas NRV 1447, de CampoGrande, ainda não foi identificado. Ele sofreu ferimentos leves, mas estavaconsciente no momento do resgate, por isso, contou aos policiais da PRF(Polícia Rodoviária Federal) que o Citroen invadiu a pista por onde ocaminhão transitava.


O caminhoneiro disse que ainda tentou desviar, mas nãoconseguiu. Ele foi encaminhado para a UPA (Unidade de Ponto-Atendimento)do bairro Universitário, na Capital. A colisão ocorreu cerca de 15 quilômetrosde Anhanduí.


Segundo o dono do caminhão, José Jaime, que foi até o localdo acidente, o motorista dormiu em Campo Grande, onde fez o carregamento nocomeço do dia e faria a entrega em São Paulo. José Jaime é proprietário de umaempresa que faz transporte de carne.


A pista ficou interditada por mais de uma hora. No momento,a concessionária trabalha na retirada dos corpos das ferragens do Citroen.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE