Deputado petista alerta sobre decisões em favor de consumidores da Telems/Consil


PUBLICIDADE

ACESSORIA

O deputado estadual Pedro Teruel (PT), presidente da Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos, alertou hoje (15/09) os consumidores de Mato Grosso do Sul que não foram ressarcidos pela compra de ações da Telems, antiga operadora de telefonia.

Teruel destacou que a Justiça já determinou a liberação de pagamento para alguns consumidores que entraram com processo com o objetivo de serem ressarcidos. “Com a privatização da Telems e a entrada da Brasil Telecom, vários consumidores não obtiveram ressarcimento pelo investimento em ações financeiras oferecidas pela Consil, empresa responsável pelo plano de expansão de telefonia”, explica o parlamentar ressaltando que há mais de 15 anos, um telefone custava o preço de um carro usado.

O deputado Teruel apresentou na tribuna a decisão do Tribunal de Justiça para o pagamento de R$ 13,390 mil a um cliente que adquiriu ações oferecidas pela Consil por meio da venda de linhas telefônicas da Telems. “O Judiciário entendeu que, após o processo de privatização, a Brasil Telecom ficou responsável pelas ações financeiras da empresa de telefonia e inclusive pelo pagamento pelas ações”, diz Teruel.
 


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE