Jateí registra déficit habitacional e pleiteia 50 novas casas


PUBLICIDADE

DOURADOS NEWS

Inserido na Região da Grande Dourados, o município de Jateí registrou nos últimos anos amplo crescimento, constatando alto índice no déficit habitacional na região. Com objetivo de modificar esta realidade, o prefeito de Jateí, Arilson Nascimento Targino esteve na tarde desta segunda-feira, na secretária de Estado de Habitação e das Cidades para pleitear junto ao secretário Carlos Marun, a construção de 50 unidades habitacionais no município.

Segundo Marun em 2008 foram inauguradas 24 casas na região. O loteamento Jateí recebeu investimento de quase R$ 300 mil, em uma parceira entre município, governo estadual e federal para construção das casas do projeto “Meu Lar”.

A prefeitura informou que dispõe de duas áreas para receber as novas construções. Uma delas está localizada no município de Jateí e a outra no distrito de Nova Esperança, pertencente à região.

Segundo Arilson, a administração municipal se compromete a viabilizar a infraestrutura necessária e dar uma contrapartida de R$2 mil por unidade habitacional. “A preocupação maior é com a estabilidade das famílias. A população de nossa cidade é carente de moradias, não existe muita opção de aluguel de casas”, esclarece o prefeito.

A realidade habitacional no município tem se desenhado de forma preocupante, disse o vereador Nezinho, que também acompanhou a visita do prefeito ao gabinete do secretário, Carlos Marun. “Temos uma população com renda média de R$ 500,00. Os aluguéis em nossa cidade custam cerca de R$300,00. Como pode um pai de família que ainda tem outras despesas arcar com este valor”,
comenta Nezinho.

Marun garante que vai se empenhar na construção das casas. “Estamos dispostos a dar sequência a esta solicitação. Tenho certeza de que muito em breve vamos conseguir a construção destas 50 casas, para que este município possa crescer ainda mais”, explica o secretário.


 


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE