PUBLICIDADE

Ordem de equipe marcou a única ultrapassagem registrada no GP da Rússia

Ultrapassagem de Wehrlein em Ericsson foi a única efetuada na pista de Sochi. Entretanto, ocorreu graças a ordem da Sauber. Em 2016, GP da Rússia contou com 29 ultrapassagens


Apesar da inédita vitória de Valtteri Bottas em Sochi, o GP da Rússia não foi dos mais movimentados e emocionantes. Com exceção das ultrapassagens na largada, incluindo as do finlandês sobre Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, a única ultrapassagem registrada na pista ao longo da corrida foi a de Pascal Wehrlein sobre Marcus Ericsson. Ou pelo menos foi isso que as estatísticas registraram.

 

Segundo informações do site alemão "Auto-motor und Sport", existe aí uma curiosidade interessante. A ultrapassagem do germânico sobre o sueco de fato aconteceu na pista, porém, foi uma ordem dada pela equipe Sauber. Um olhar mais apurado na tabela de tempos mostra que Ericsson perdeu dois segundos na volta em que foi superado por Wehrlein. O alemão, por sua vez, não perdeu nenhum tempo para ultrapassar o companheiro de equipe. O site alemão esclarece que como Ericsson e Wehrlein pararam nos boxes durante o safety car, o sueco ganhou a posição do companheiro durante os pit stops. Daí a equipe ter dado a ordem para que Ericsson devolvesse a posição.

 

Após as mudanças nas regras da Fórmula 1 para 2017, grande parte dos pilotos reclamaram da dificuldade de se ultrapassar com os novos carros. Os bólidos estão mais largos, com pneus maiores, o que gera maior pressão aerodinâmica, promovendo turbulência na traseira, e aumentando a dificuldade para se ultrapassar. Como efeito de comparação, o GP da Rússia do ano passado contou com 29 ultrapassagens.



LEIA MAIS

F-1
Hamilton supera Verstappen e consegue 100ª pole position da carreira
F-1
F1: Verstappen vence GP caótico em Ímola; Hamilton é segundo após recuperação e mantém liderança
Segunda etapa da temporada 2021 da F1 teve rodadas, safety car e bandeira vermelha por conta da chuva que caiu em Ímola
F-1
Hamilton luta até o fim e bate Verstappen no GP do Bahrein de F1
O inglês superou o holandês, que largou em primeiro e terminou a corrida na segunda posição.
F-1
Hamilton vence GP da Bélgica de Fórmula 1 e fica a duas vitórias do recorde de Schumacher (ÁUDIO)
F-1
Hamilton lidera terceiro treino livre na Bélgica; Vettel dá vexame e é o último
F-1
Ayrton Senna é o piloto mais rápido da F1 nas últimas quatro décadas, informa estudo
Levantamento encomendado pela categoria mostra que tricampeão foi o mais veloz na comparação com colegas de equipe nas classificações, onde se afere velocidade bruta dos pilotos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE