PUBLICIDADE

Hamilton iguala recorde de Schumacher e é pole no GP da Bélgica


O britânico Lewis Hamilton bateu mais um recorde na Fórmula 1. O piloto da Mercedes liderou o treino classificatório e larga na pole position do Grande Prêmio da Bélgica, que acontece neste domingo. Com a primeira posição, o tricampeão igualou o recorde de Michael Schumacher de poles na história.

 

Agora,  Lewis Hamilton e Michael Schumacher dividem o topo de poles na F1 com 68 cada um. O brasileiro Ayrton Senna aparece em terceiro, com 65, seguido de Sebastian Vettel, da Ferrari, que possui 65.

 

Após três semanas de férias, a Fórmula 1 retornou e a briga entre Hamilton e Vettel pela liderança do Mundial de Pilotos esquentou. Neste sábado, o piloto da Mercedes sobrou na pista de Spa-Francorchamps e foi imbatível. Com o tempo de 1min42s553, Hamilton ficou com a pole position e irá largar na primeira posição. De quebra, o britânico ainda quebrou o recorde da pista.

 

A primeira fila terá Sebastian Vettel na segunda posição. O piloto da Ferrari foi discreto durante os treinos de sexta-feira, mas, quando acelerou seu carro na última volta do classificatório, superou os adversários e ficou perto de Hamilton: 1min42s795. Atual líder do Mundial, o alemão possui 202 pontos, contra 188 do rival da Mercedes.

 

O terceiro lugar no grid de largada ficou com o finlandês Valtteri Bottas. O segundo piloto da Mercedes esteve na cola de Hamilton durante boa parte do treino, mas, na última volta, viu Vettel imprimir melhor ritmo.

 

A principal vítima do Q1 foi Felipe Massa. O piloto da Williams não teve um grande final de semana e ficou com apenas o 16º melhor tempo, após problemas nas primeiras atividades na Bélgica. O brasileiro ainda sofrerá uma punição de cinco posições por ter ultrapassado o limite da pista no terceiro treino livre.

 

“O carro não é competitivo o suficiente. Mostra que a situação é crítica para o momento. Outras equipes melhoraram mais que a gente. Mostra que o carro que tem que andar para frente está andando para trás”, avaliou Massa em entrevista ao canal SporTV.

 

No Q2, Fernando Alonso até se esforçou, mas não conseguiu fazer com que sua McLaren ficasse entre os 10 primeiros carros, terminando na 11ª posição.

 

Décima segunda prova do calendário da Fórmula 1, o GP da Bélgica acontece neste domingo, às 09h00 (de Brasília). Lewis Hamilton, da Mercedes, larga na primeira colocação, seguido do rival Sebastian Vettel, da Ferrari, e de seu companheiro Valtteri Bottas.



LEIA MAIS

F-1
Hamilton supera Verstappen e consegue 100ª pole position da carreira
F-1
F1: Verstappen vence GP caótico em Ímola; Hamilton é segundo após recuperação e mantém liderança
Segunda etapa da temporada 2021 da F1 teve rodadas, safety car e bandeira vermelha por conta da chuva que caiu em Ímola
F-1
Hamilton luta até o fim e bate Verstappen no GP do Bahrein de F1
O inglês superou o holandês, que largou em primeiro e terminou a corrida na segunda posição.
F-1
Hamilton vence GP da Bélgica de Fórmula 1 e fica a duas vitórias do recorde de Schumacher (ÁUDIO)
F-1
Hamilton lidera terceiro treino livre na Bélgica; Vettel dá vexame e é o último
F-1
Ayrton Senna é o piloto mais rápido da F1 nas últimas quatro décadas, informa estudo
Levantamento encomendado pela categoria mostra que tricampeão foi o mais veloz na comparação com colegas de equipe nas classificações, onde se afere velocidade bruta dos pilotos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE