PUBLICIDADE

Odilon quer enfrentar Reinaldo e André pelo governo

| DOURADOSNEWS


Pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições do ano que vem, o juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT) disse na manhã desta quinta-feira (28), em entrevista à rádio Grande FM, que gosta da ideia de encarar dois fortes nomes na disputa pelo cargo, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) e o atual, Reinaldo Azambuja (PSDB).

 

No entender do magistrado, essa possibilidade faz parte do processo democrático. “Melhor [concorrer com os dois nomes] do que com quem nunca esteve lá. A democracia é isso”, contou.

 

Odilon foi lançado pré-candidato ao governo do Estado logo no ato de sua filiação ao partido, no dia 11 de novembro.

 

Já André Puccinelli também teve o nome colocado pelo PMDB na disputa do ano que vem. Ele governou Mato Grosso do Sul por dois mandatos e se tornou alvo de investigações da Polícia Federal dentro das fases da Operação Lama Asfáltica, que apura suposto esquema de corrupção em seu governo.

 

O atual chefe do Executivo, Reinaldo Azambuja (PSDB), deve manter o processo natural e tentar a reeleição, mesmo não afirmando oficialmente sobre o fato.



LEIA MAIS

Política
Junior Mochi realiza palestra sobre alterações na lei das eleições para 2020
Evento foi destinado a agentes políticos e interessados em participar do pleito eleitoral no próximo ano
Política
Governo ainda não decidiu se servidores terão reajuste, diz Hashioka
Secretário espera bom senso dos servidores estaduais
Política
MDB quer Simone Tebet para prefeita da Capital
A senadora não quer aceitar e almeja presidência do Senado
Política
Ex-prefeito que contratou empresa da irmã tem direitos políticos suspensos
eleições 2018
Nesta segunda, Haddad visita Lula em Curitiba
Política
Reinaldo pede a Jair Bolsonaro pacto pelo fechamento das fronteiras
Governador e candidato à reeleição reforça apoio a presidenciável do PSL no Estado e espera ação para melhoria da segurança pública local
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE