PUBLICIDADE

Ministro do STF libera outdoors de Bolsonaro; em MS, propaganda foi depredada

| TOPMIDIANEWS


Em decisão favorável a Jair Bolsonaro (PSC-RJ), o vice-presidente do  Superior Tribunal Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, rejeitou um pedido do Ministério Público Eleitoral que solicitava a retirada de outdoors do pré-candidato à presidência da República por campanha antecipada na Bahia. Porém, em Mato Grosso do Sul, os mesmos outdoors foram alvos de críticas e pichações no Estado.

 

No despacho, Fux negou a liminar do Ministério Público Eleitoral e disse que o outdoor com um foto do presidenciável, com os dizeres, "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos. Bolsonaro. Pela honra, moral e ética. Paulo Afonso - BA", não se trata de campanha antecipada.

 

No entendimento do ministro, na lei eleitoral, "a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidato não configura propaganda antecipada", sendo desta forma, liberado.

 

 

MS

 

O mesmo outdoor também chegou a ser divulgado em Mato Grosso do Sul. Na cidade de Anastácio, a 145 quilômetros de Campo Grande, a publicação em apoio a Jair Bolsonaro amanheceu pichado com palavras de ódio.

 

Para os apoiadores, o vandalismo à placa representa intolerância. “Vejo muitas críticas sobre a intolerância, ódio e falta de respeito em desfavor das minorias e também partilho do mesmo sentimento. Todos somos seres humanos e merecemos respeito, não importa sua crença, cor, opção sexual ou classe social", disse.

 

E continuou, "o pior de tudo isso, é ter a certeza de que as pessoas que fizeram isso são aquelas mesmas que reclamam respeito”, afirmou Gustavo Henrique, morador de Aquidauana cidade vizinha a Anastácio.   



LEIA MAIS

Política
Junior Mochi realiza palestra sobre alterações na lei das eleições para 2020
Evento foi destinado a agentes políticos e interessados em participar do pleito eleitoral no próximo ano
Política
Governo ainda não decidiu se servidores terão reajuste, diz Hashioka
Secretário espera bom senso dos servidores estaduais
Política
MDB quer Simone Tebet para prefeita da Capital
A senadora não quer aceitar e almeja presidência do Senado
Política
Ex-prefeito que contratou empresa da irmã tem direitos políticos suspensos
eleições 2018
Nesta segunda, Haddad visita Lula em Curitiba
Política
Reinaldo pede a Jair Bolsonaro pacto pelo fechamento das fronteiras
Governador e candidato à reeleição reforça apoio a presidenciável do PSL no Estado e espera ação para melhoria da segurança pública local
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE