PUBLICIDADE

Explosão de celular pode ser causa de incêndio que destruiu casa em MS

| TOPMIDIANEWS


 explosão de um aparelho celular pode ter sido o motivo de um incêndio que destruiu uma casa na tarde desta quarta-feira (8), na Rua Tiradentes, no Bairro Santa Lucia, em Paranaíba, município distante aproximadamente 410 quilômetros de Campo Grande.

 

Segundo o site JP News, na casa estava uma mulher, identificada como Suzimar Araújo de 27 anos, o marido, da mesma idade, além do filho do casal, uma criança de quatro anos que estava dormindo. A mulher teve parte do braço esquerdo queimado e um cachorro morreu asfixiado pela fumaça.

 

Segundo a Suzimar Araújo, o aparelho celular estava carregando a bateria na sala e antes de adormecer ela percebeu que ele estava quente, porém não deu importância ao fato por ser algo rotineiro. Todos dormiam no momento da explosão e o filho do casal foi o primeiro a acordar e sair correndo para o fundo da residência. Quando a mulher percebeu o fogo, pegou o filho no colo e saiu em direção à rua.

 

Ainda de acordo com o site local, o homem se assustou e no impulso saiu correndo pela porta da sala, porém não teve ferimentos. Suzimar contou que possui o aparelho há a aproximadamente seis meses e desde então, ele sempre esquentava muito, principalmente quando carregava a bateria. O aparelho estava em cima do sofá, na sala. O fogo se alastrou pela cozinha, um quarto e banheiro.

 

Somente um dos quartos da residência não foi consumido pelas chamas.

 

“Eu acredito que foi o celular, porque era a única coisa que estava na tomada e ele superaquecia demais. Não tem outra coisa que poderia ter pegado fogo”, afirmou.

 

Enquanto o Corpo de Bombeiros apagava as chamas o botijão de gás começou a vazar e isso fez com que acendesse uma grande chama na cozinha, fato que assustou populares que estavam no local.

 

O fogo foi apagado depois de cerca de 15 minutos, foram mobilizados quatro bombeiros militares, um caminhão bomba-tanque, e uma ambulância de emergência, além do apoio da Polícia Civil e perícia técnica.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE