PUBLICIDADE

Mãe é suspeita de estuprar a filha;  polícia prende pai por omissão


A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (26) um produtor agropecuário de 43 anos suspeito de ser conivente com abusos sexuais da própria filha, de 9 anos, em Hidrolândia. Segundo as investigações, a mãe da criança era quem cometia o crime. A mulher não havia sido localizada até a última atualização desta reportagem. Ela tem 33 anos e está grávida.

 

O fato começou a ser apurado em outubro, após a criança relatar o caso a uma professora durante uma aula de educação sexual. Em depoimentos dados durante as investigações, o produtor agropecuário e a mulher negaram o crime.

 

"Em dez anos de polícia não tinha visto algo parecido, menina sendo abusada pela mãe com a omissão do pai. Ele tem a obrigação de impedir e não o fez. Por isso, também foi indiciado por estupro de vulnerável", disse o delegado Diogo Rincón.

 

Investigação

 

As investigações duraram quatro meses. “Essa história começou quando a menina, ao ver um vídeo de educação sexual na escola, contou para a professora, que levou o caso ao Conselho Tutelar, que por sua vez denunciou à polícia. A suspeita é que esses abusos vinham acontecendo há dois anos”, disse o delegado.

 

Diante da prisão do pai, a criança se mudou para a casa da avó paterna. “Os abusos aconteciam, a princípio, dentro da casa da criança”, completou o delegado.

 

Rincón disse que a menina confirmou, em depoimento, os abusos. "Eu a ouvi, ela afirmou categoricamente que era abusada."

 

O delegado ressaltou que a criança está abalada. "O laudo psicológico constatou que a menina apresenta traumas psicológicos. A criança está completamente perturbada", relatou.

 

O G1 esteve no Conselho Tutelar, que informou não poder passar detalhes sobre o caso.

 

O homem foi levado para o Presídio de Hidrolândia, onde vai aguardar o andamento do processo. De acordo com o Código Penal, a pena para esse crime varia de 8 a 15 anos de prisão.



LEIA MAIS

Polícial
PM prende ex-cunhado suspeito de matar homem a machadadas em MS
Suspeito negou o crime
Polícial
Funcionários de olaria são presos com rifles
Polícial
Tiroteio termina com prisão de policiais e apreensão de avião com cocaína na fronteira
Sete policiais paraguaios foram presos
Polícial
Presos do PCC torturam agentes penitenciários durante rebelião em presídio
Um dos reféns teve o rosto cortado e recebeu diversas perfurações de faca artesanal. Os outros três servidores também foram agredidos
Polícial
Seminua, mulher de 35 anos é encontrada morta em casa de aluguel
Conforme levantamento da perícia, vítima estava morta há 14 dias
Polícial
Subtenente que ateou fogo em quartel terá que fazer tratamento
Ele foi considerado semi-imputável durante julgamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE