Ivinhema - MS, terça-feira, 23 de outubro de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 28/03/2018 às 08h20

André garante palanque cheio  na disputa pelo governo do Estado

Ele relata que tem apoio da base aliada e deputados juntos em agendas


- Correio do Estado

Foto: Divulgação

Puccinelli garante que mantém aliados e base do partido para as eleições de outubro

 

Mesmo com o pré-candidato à reeleição Reinaldo Azambuja buscando nomes tradicionalmente ligados a Puccinelli e ao PDT, que traz como opção para o Executivo o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, o ex-governador do Estado e pré-candidato à administração de Mato Grosso do Sul André Puccinelli (MDB) garantiu que seu palanque estará bem cheio para as eleições de outubro e que as bases da sigla estarão seguras. 

 

Segundo Puccinelli, ao contrário dos deputados de outros partidos, os seus estão bem resolvidos, com o apoio ao seu nome na pré-campanha e na campanha. Questionado sobre o discurso de Azambuja sobre as alianças de antigos colegas de André, o ex-governador apenas declarou: “Faz-me rir o que andas dizendo”. 

 

Nomes que tradicionalmente ficam com Puccinelli têm deixado o palanque do MDB para seguir com os tucanos, como o ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PTB). Ele, que sucedeu André na administração da Capital e tentou assumir o governo do Estado, deixou o MDB após 12 anos e retornou para o PTB.