Ivinhema - MS, segunda-feira, 12 de novembro de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 12/05/2018 às 09h38

Maus-tratos a idosos ainda é realidade em MS; campanha pede delegacia especializada

No ano passado o número de maus-tratos a idosos chegou a 34 em todo o Estado


Topmidia News

Foto: Wesley Ortiz

O número de casos de violência contra idosos vem crescendo mais e mais a cada dia e, na maioria dos casos, ocorre dentro do próprio lar. Conforme relatório divulgado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), no ano passado, um a cada seis idosos sofre algum tipo de violência diariamente em todo o mundo.

 

Em Campo Grande, estima-se que o número de idosos ultrapasse os 112 mil. Segundo dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), nos quatro primeiros meses de 2018 já foram registrados sete casos de maus-tratos em todo o Mato Grosso do Sul. 

 

No ano passado, ainda conforme estatística da Sejusp, 34 pessoas com idade acima de 65 anos sofreram algum tipo de violência no Estado. Apesar do alto número, nenhuma das violências resultou em lesão grave ou morte.

 

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS) já criou um baixa-assinado para que uma delegacia especializada para atender crimes contra idosos seja incorporada em Campo Grande.