Ivinhema - MS, sexta-feira, 17 de agosto de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 29/05/2018 às 15h29

FÁTIMA DO SUL: Após denúncias, postos podem sofrer multas por abuso no preço da gasolina

Postos podem sofrer multas por abuso no preço da gasolina em Fátima do Sul


FATIMA NEWS

Foto: FATIMA NEWS

Após denúncias, os postos de combustíveis de Fátima do Sul podem receber multas nos próximos dias devido ao abuso no preço de fornecimento de gasolina a população, devido a greve dos caminhoneiros de todo o Brasil.

 

Durante o anúncio de falta de combustíveis em toda região, filas imensas se formavam para abastecer gasolina e álcool, e o preço vaiava de R$ 4,70 à R$ 4,90 o litro.

 

Orientados, todos que pediram os cupons fiscais na hora de abastecer, poderão entrar com pedido no Ministério Público e Procon em Fátima do Sul. A informação se alastrou pela cidade e todos que utilizaram dos cupons fiscais, já se organizam para juntos procurem seus direitos junto aos órgãos competentes.

 

NA CAPITAL DO ESTADO

 

Com objetivo de proteger os consumidores, o Governo do Estado, por meio da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) e o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes MS (Sinpetro-MS) estabeleceram o valor máximo do litro da gasolina e etanol a serem sugeridos nos postos de combustível de Campo Grande nas transações à vista.

 

Em reunião entre representantes ficou decidido que será orientado aos postos operarem com o preço da gasolina com variação de R$ 4,19 a R$ 4,39 e o valor do etanol de R$ 3,19 a R$ 3,29. Esses valores valem para as compras à vista ou no cartão de débito.

 

GASOLINA CHEGANDO

 

Comboio com 20 caminhões carregados com combustíveis e botijões de gás de cozinha foi escoltado pelo Exército, Batalhão de Choque da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) para abastecer os municípios da região sul do Estado, na tarde de hoje. Ao contrário do informado anteriormente, não há alimentos entre as cargas.

 

O comboio deixou Campo Grande por volta das 14h., escoltado por várias viaturas da Polícia Militar e do Exército até a BR-163, onde equipes da PRF se juntaram para escoltar os caminhões pela rodovia. Os veículos tem como destino os municípios de Dourados e Nova Andradina.