Ivinhema - MS, segunda-feira, 19 de novembro de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 07/06/2018 às 08h05

Júri feminino absolve de homicídio doloso acusado de matar mulher asfixiada em motel

Jurados entenderam que autor não teve a intenção de matar


Midiamax

Foto: Midiamax

Depois de 12 horas de julgamento, Ademir Bipo Ferreira foi absolvido do crime de homicídio doloso contra Cristiane Silva Gonçalves, assassinada em março do ano passado, em Coxim.

 

Os jurados entenderam que Ademir não teria tido a intenção de matar asfixiada Cristiane, com quem teve um relacionamento por aproximadamente 1 ano. Dos sete jurados, seis eram mulheres, segundo o site Edição de Notícias.

 

Ademir foi condenado por homicídio culposo, quando não a intenção de matar, e foi sentenciado a três anos em regime aberto. O alvará de soltura dele já teria sido determinado ao final do julgamento, já que Ademir estava preso desde o dia 21 de março do ano passado, quando foi decretada sua prisão.