Ivinhema - MS, sexta-feira, 17 de agosto de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 19/07/2018 às 08h50

NOVA ANDRADINA: Corpo de Bombeiros atende esfaqueado e bebê engasgado na avenida Ivinhema

Enquanto vítima esfaqueada era socorrida, um bebê engasgado foi atendido por um dos militares


JORNAL DA NOVA

Foto: JORNAL DA NOVA

Fatos aconteceram na avenida Ivinhema

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Nova Andradina atendeu duas ocorrências na avenida Ivinhema. O principal chamado foi por vítima esfaqueada e durante o atendimento, uma mulher compareceu ao local junto com um casal em um carro, onde o bebê estava engasgado. Fato aconteceu na noite desta quarta-feira (18), próximo da rua José Domingos.

 

Conforme apurou a reportagem no local, um jovem de 23 anos, sofreu uma lesão na altura do tórax desferida por faca, pelo acusado de 20 anos, que fugiu com a arma branca do local assim que cometeu o crime.

 

A motivação da discussão que gerou na lesão corporal, não foi revelada até o momento em que a reportagem esteve no local. A vítima foi socorrida pelos Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional. A Polícia Militar esteve no local atendendo a ocorrência.

 

Bebê em apuros

 

Durante o atendimento ao esfaqueado, um casal chegou em um carro com uma mulher e um bebê engasgado no colo sem respirar. Segundo o motorista do veículo, eles estavam numa igreja próxima, quando viram que a mulher estava em apuros devido a criança ter engasgado.

 

Eles saíram sentido ao Hospital Regional, quando, ao passar pela avenida Ivinhema, viu a viatura dos Bombeiros parada e pediram ajuda.

 

Bombeiro realizando o procedimento de desobstrução das vias aéreas e o bebê voltou a respirar normalmente

 

Enquanto um dos militares ficou na unidade de resgate com o esfaqueado, outro Bombeiro realizou o procedimento com a criança deitada no antebraço, de forma que sua cabeça fique mais baixa que o corpo, e deu umas palmadas em suas costas desobstruindo as traqueias.

 

Logo o bebê, que tem pouco mais de 4 meses, voltou a respirar e foi encaminhado ao Hospital Regional.